terça-feira, 26 de maio de 2009

Não tenho mais tempo a perder


Foi ali, naquela rápida e furtiva esquina que achei um lugar para recomeçar.
Observando a densa coreografia do cotidiano,
fui me reinventando.
Braços, pernas, mãos e pés.
Com alguns sorrisos, sequei as lágrimas.
Fechei suas portas e abri minhas janelas.
Icei todas as minhas velas e resolvi ir em frente.
Não tenho mais tempo a perder.

11 comentários:

disse...

ô, vontade de fazer isso também... faltam-me forças. Ando tão cansada...

disse...

Falando nisso, ainda me deve o café! rs

disse...

Tem selinho lá no haja hoje pra ti!
bjk

Anônimo disse...

Que esquina era essa , quero colocar um busto bem ali . O que escreves é de uma sensibilidade ímpar .
Beijo

Bruna Muller

Anônimo disse...

Esse cotidiano que vc se refere é o que mais mata , mais distancia as pessoas e seus corações .
Recomeçar , repaginar é isso .

Beijo

Vania Dalponte

J. Caribé disse...

Acho que tô precisando disso também...

Rosemildo Sales Furtado disse...

Não existe nada mais importante na vida do que se permitir alguns momentos de reflexão, chegar ao autoconhecimento, e assim partir para o recomeço. É como dizem: tempo é ouro, e tempo perdido não se recupera.

Estive passeando, avistei teu espaço, invadi, gostei e não resisti.

Beijos,

Furtado.

Jana disse...

Repaginar, recomeçar... Estou tentado fazer isso também!
Saudade de passar por aqui. Voltei a "blogar".
Beijinho.

Roberta Blá disse...

"Com alguns sorrisos, sequei as lágrimas."
que lindo isso!
adorei o seu blog!
parabéns =D

Leila Saads disse...

É, Beto,
A verdade às vezes é ponta de lança...

Gostei da "coreografia do cotiano". Me lembrou um pouco a música do Arnaldo Antunes:

"Aqui nesse barco ninguém quer a sua orientação,
Não temos perspectiva, mas o vento nos dá a direção,
A vida que vai a deriva é a nossa condução
Mas não seguimos à toa
Não seguimos à toa..."

Beijos!

Me, Myself and I disse...

Ge sei da força que carrega ai dentro , sei também de quanto és capaz de dar a volta por cima e "recomeçar"uma vida nova , bem azul .
Bruna obrigado só isso .
Vania sem duvida vc captou a esencia da poesia .
J Caribé, quanto tempo , quando quiser pode contar comigo , estou dentro de qualquer desafio .
Furtado seja mega bem vindo , a sensibilidade está para todos aqui , bom compartilhá-la com vc também .
Jana que bom que recomeçou , esse vício é dificil de se desfazer .
Roberta obrigado de coração .
Leila , não seguimos a toa mesmo , os ventos do sul são magneticos .
Beijo